As cores das bandeiras dos estados brasileiros

Olá a todos!

Desta vez, não postarei nenhum material produzido por mim, mas de extremada importância para reflexão e conhecimento que sei que muitos de nós não tínhamos.

Então, sem mais delongas vamos lá!

Gosto muito de pensamentos, pois os mesmos são curtos, porém nos fazem refletir e nos alimentam a mente e a alma.

Pensamentos:

“Partilhar a linguagem é partilhar a prática social”

“Aprender uma língua é aprender uma cultura”

“A linguagem institui, mas também legitima”.

PARA NOSSO CONHECIMENTO É MUITO INTERESSANTE E IMPORTANTE QUE SAIBAMOS SOBRE O QUÊ CADA COR DAS NOSSAS BANDEIRAS DE NOSSOS ESTADOS REPRESENTAM NÃO É MESMO?

VOCÊS SABEM?  NÂO !!!!!!!  VOU APRESENTAR PARA VOCÊS FICAREM SABENDO.

AS CORES DAS BANDEIRAS DOS ESTADOS BRASILEIROS E O QUE REPRESENTAM:

 ACRE – As cores verde e amarela simbolizam as matas e as riquezas minerais do Estado. O vermelho representa os brasileiros mortos em lutas contra bolivianos na disputa pelo Acre.

 ALAGOAS – As primeiras cidades alagoanas, Porto Calvo e Penedo, e as riquezas, como a cana e o algodão, são lembradas no brasão. As cores das faixas simbolizam liberdade, igualdade e fraternidade.

 AMAPÁ – O verde, o amarelo, o azul e o branco simbolizam, respectivamente, as matas, as riquezas minerais, o céu e a paz. O preto significa o respeito aos que morreram lutando pelo Estado.

 AMAZONAS – Significa a presença amazonense na guerra de Canudos. O vermelho simboliza os combates; o branco, a pacificação; as estrelas, os municípios. A maior delas representa Manaus.

BAHIA – O uso das cores da bandeira norte-americana representa o apoio baiano aos ideais republicanos. O triângulo simboliza a Inconfidência Mineira e a Conjuração Baiana.

 DISTRITO FEDERAL – A Cruz de Brasília, ao centro, simboliza a herança indígena e a força que emana do centro em todas as direções. O branco representa a paz, e o verde, as matas da região.

 CEARÁ – O verde e o amarelo retratam as matas e as riquezas minerais. O farol, a jangada e a carnaúba simbolizam, em ordem, Fortaleza, o cearense e o extrativismo vegetal.

ESPÍRITO SANTO – O azul, o rosa e o branco simbolizam, respectivamente, a harmonia, a paz e a felicidade. A inscrição foi retirada de uma frase de Santo Inácio de Loyola.

 GOIÁS – As matas e as riquezas minerais estão representadas pelas cores verde e amarela. O quadrado azul com estrelas simboliza o céu goiano com a constelação do Cruzeiro do Sul.

 MARANHÃO – Brancos, negros e índios estão representados pelas faixas brancas, pretas e vermelhas. A estrela sobre o fundo azul simboliza o Estado do Maranhão no céu do Brasil.

 MATO GROSSO – O azul representa o céu; o branco, a paz; e o verde, a extensão territorial. A estrela amarela simboliza o ideal republicano e as riquezas minerais mato-grossense.

 MATO GROSSO DO SUL A estrela simboliza o Estado e a riqueza produzida pelo trabalho; o verde é um alerta à preservação ambiental; o azul representa o céu; e o branco, a paz.

 MINAS GERAIS – O triângulo simboliza a Santíssima Trindade e o branco é a paz dos inconfidentes. A frase em latim, extraída da obra do poeta romano Virgílio, significa “Liberdade ainda que tardia”.

 PARÁ – A faixa branca representa a linha do Equador e o rio Amazonas. O vermelho significa a força da população paraense. A estrela azul simboliza o Estado do Pará.

 PARAÍBA – A palavra Nego simboliza a rejeição do político João Pessoa à candidatura de Júlio Prestes à presidência. O vermelho é o assassinato de João Pessoa; e o preto, o luto por sua morte.

 PARANÁ – O círculo azul representa o céu com o Cruzeiro do Sul. Os ramos simbolizam a mata de araucárias e a erva-mate, comuns no Estado; o branco é a paz; e o verde representa as matas.

 PERNAMBUCO – Bandeira usada na Revolução de 1817, o arco-íris representa a união dos pernambucanos; o sol é a força do Estado; o branco, a paz; o azul, o céu; e a cruz, a fé na justiça.

 PIAUÍ – Com as mesmas cores da bandeira nacional, o amarelo representa a riqueza mineral e o verde, a esperança. A estrela sobre o fundo azul simboliza o Estado do Piauí.

 RIO DE JANEIRO No brasão, o café e a cana representam a economia agrícola do Estado; o cocar, o arco e as flechas, o nacionalismo brasileiro. O azul é o mar; e o branco, é a paz.

 RIO GRANDE DO NORTE – A flora natural do Estado aparece representada no brasão pelo coqueiro, a carnaubeira, a cana-de-açúcar e o algodão. O mar com a jangada representam a pesca e a extração de sal.

 RIO GRANDE DO SUL – O brasão simboliza a Guerra dos Farrapos e a faixa vermelha, a República Rio-Grandense, separada do Brasil na ocasião. O fumo e a erva-mate retratam a economia do Estado.

 RONDÔNIA – Como na bandeira nacional, o verde simboliza as matas; o amarelo, as riquezas minerais; o azul, o céu; e o branco, a paz. A estrela representa o Estado de Rondônia.

RORAIMA – O verde representa a mata; o amarelo, a riqueza mineral; o branco, a paz; e o azul, o céu de Roraima. A faixa vermelha simboliza a linha do Equador; e a estrela, o Estado.

 SANTA CATARINA – O losango verde representa a vegetação; a águia, a força produtiva de Santa Catarina; o trigo e o café, as lavouras da serra e do litoral; e a chave, a posição estratégica do Estado.

 SÃO PAULO Brancos e negros estão representados pelas faixas brancas e pretas. O vermelho do retângulo simboliza os índios. As estrelas retratam o Cruzeiro do Sul.

 SERGIPE As cores da bandeira representam a integração do Estado ao Brasil. As estrelas simbolizam cinco rios que banham o Estado: Sergipe, Vaza Barris, São Francisco, Poxim e Cotinguiba.

 TOCANTINS A faixa azul representa os rios e a amarela, as riquezas dói Estado. O sol, ao centro, sobre a faixa branca, significa que ele nasce para todos os cidadãos em Tocantins.

Até a próxima.

Professora Mestre Silvana Aparecida Pinter
Compartilhe

3 pensamentos em “As cores das bandeiras dos estados brasileiros”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *